0




Grandes Empresários são parasitas do estado, sem ele, não existiam.

Publicado em 21/02/2014
MANUEL MONTEIRO DEMONSTRA SER UM PATRIÓTICO INTEGRO, MAS MAIS UMA VEZ OS PORTUGUESES MOSTRARAM A SUA INCAPACIDADE DE SABER ESCOLHER, AO ELEGEREM CORRUPTOS E NÃO O ELEGEREM A ELE.
- Na politica ou entras no jogo sujo ou sais da politica.
Manuel Monteiro percebeu que aquilo era uma choldra.
Teve muitos convites mas disse sempre não.
Mas saí do cds porque vi que o CDS era um partido totalmente integrado no sistema apesar de fingir lutar, contra o sistema.
O sistema está capturado por aqueles que perceberam a falta de carácter e verticalidade dos nossos politicos.
Os nossos políticos pensam que são empresários e lutam pelo seu sucesso e riqueza pessoal, tem uma ambição desmedida, não querem saber de ideais.
Quando aderimos à UE, os politicos perderam as verdadeiras ferramentas de poder, mas continuam a enganar os portugueses, fingindo que têm poder para cumprir o que prometem.
70% das leis que dizem respeito à nossa vida, nem são feitas na AR. Tantos deputados e ministros, são apenas parasitas.
Apresentam programas que são pura ficção e os portugueses ainda acreditam naquilo. Eles andam a gozar connosco a brincar aos politicos e a distribuir dinheiros e cargos públicos, e os portugueses assistem crentes e cegos.

Não posso aceitar que existam médicos em topo de carreira e professores universitários a ganhar mil e poucos euros, quando os assessores do Governo de 22 anos a ganhar mais de 3 mil e mais de 4 mil euros.

Os empresários fundam empresas para ganhar dinheiro e os políticos tem que ganhar eleições para ganhar dinheiro.
Subsídios de reintegraçao. Deputados são uma despesa sem fim à vista..... http://goo.gl/dxP5hP

OS POLÍTICOS OU ENTRAM NO JOGO OU TÊM QUE SAIR DA POLITICA.
Os grandes empresários de sucesso em Portugal, vivem do orçamento de estado, se não fosse assim nem existiam. E vão falar na TV dos seus sucessos, que são assaltos ao orçamento?



VIDEO ORIGINAL DE 55 MIN:::: http://www.youtube.com/watch?v=HCUqo-...


Enviar um comentário

 
Top